O prémio Nobel da Economia de 2017 e a economia comportamental.

Autor: Jorge Carvalho/terça-feira, 17 de outubro de 2017/Categorias: Notícias, FCEE

Rate this article:
Sem classificação
A atribuição do Prémio Nobel da Economia de 2017 ao norte-americano Richard H. Thaler sublinhou a importância que, para a Academia Real das Ciências da Suécia, têm assumido os estudos deste autor no âmbito da análise psicológica no processo de tomada de decisão na compra de um bem ou serviço.

Richard Thaler é economista e tem destacado na sua investigação os agentes centrais da Economia, isto é, os indivíduos, e consequentemente os factores inerentes a estes: os seus interesses, as suas crenças, o seu sistema de valores e outras variáveis de ordem social, as quais raramente são tidas em conta pela ciência económica.

Capa do livro "Neuroeconomia: ensaio sobre a sociobiologia do comportamento" (Sílabo, 2009).

Esta temática da economia comportamental tem sido estudada por vários economistas e académicos, dos quais se pode destacar o Prof. Doutor José Eduardo dos Santos Soares Carvalho, professor catedrático da Faculdade de Ciências da Economia e da Empresa da Universidade Lusíada, visto que durante anos se dedicou à investigação e à escrita sobre este assunto. Obras como "Economia sem economistas - O lado claro de todas as coisas" (Sílabo, 2013), As mulheres dominam a economia... e a economia gosta" (Sílabo, 2015) e, principalmente, "Neuroeconomia: ensaio sobre a sociobiologia do comportamento" (Sílabo, 2009) abordam questões relacionadas com o comportamento dos indivíduos no acto do consumo, revelando, muitas vezes, o desvio aos modelos económicos teóricos.

Neste último livro, o Professor José Eduardo Carvalho combina ainda os conhecimentos da neurociência e da economia, e descreve como o avanço da tecnologia não invasiva de observação das actividades cerebrais aos estímulos exteriores permite hoje identificar as áreas responsáveis pela escolha das opções que recorrentemente estão ausentes de racionalidade. Para explicar o comportamento dos processos neuronais na tomada de decisão no consumo, este trabalho refere o contributo de outras ciências, tais como a Psicologia, a Sociologia ou a Antropologia, pois como refere o Professor José Eduardo Carvalho "[...] quem sabe apenas de Economia, não sabe nada sobre Economia".
Print

Número de visualizações (436)/Comentários (0)

Jorge Carvalho
Jorge Carvalho>

Jorge Carvalho

Other posts by Jorge Carvalho

Please login or register to post comments.