Lusíada debate as relações Luso-Sérvias

Autor: Helder da Rocha Machado/quinta-feira, 31 de março de 2011/Categorias: Notícias

Rate this article:
Sem classificação
Lusíada debate as relações Luso-Sérvias

No âmbito do "1.º Open Day da Raia Diplomática" realizou-se, no dia 31 de Março de 2011, na Universidade Lusíada de Lisboa, a conferência subordinada ao tema "O desenvolvimento das relações Luso-Sérvias".

O primeiro conferencista a usar da palavra foi o Embaixador da Sérvia em Portugal, o Doutor Dusko Lapandic, que falou das relações bilaterais entre a Sérvia e Portugal e da entrada do seu país na União Europeia.

O Prof. Doutor Armando Marques Guedes, docente da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, dedicou a sua palestra aos "Passos e escolhos no relacionamento entre a Europa e a Sérvia". O docente começou por homenagear o actual Embaixador sérvio, em Portugal, e referiu as dificuldades que a Sérvia tem tido para entrar na União Europeia, principalmente por causa do “nacionalismo sérvio”. Lembrou ainda que esse nacionalismo já foi "maior” e que a questão do Kosovo até pode vir a beneficiar a entrada da Sérvia.

O Prof. Doutor Milan Rados Radenovic, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, falou do tema "A geopolítica da Sérvia", em particular dos vários povos e dialectos que se falam na região da antiga Jugoslávia.

Por fim, e antes da entrega do Prémio "Raia Diplomática 2010", pelo Dr. Bruno Caldeira, Director da revista “Raia Diplomática”, à Senhora Florisa Dias, artista autodidacta e membro da Associação Cultural Coração em Malaca, o Dr. Humberto Nuno de Oliveira, Presidente da Associação Portugal–Sérvia, abordou a questão do "Centenário das relações diplomáticas Luso-Sérvias (1911-2011)".

sítio web | fotografias | cartaz
 
 

Print

Número de visualizações (559)/Comentários (0)

Tags:

Please login or register to post comments.