In memoriam: Professor Pedro Boléo de Freitas

Autor: Helder da Rocha Machado/segunda-feira, 14 de julho de 2014/Categorias: Notícias

Rate this article:
5.0

O Professor Pedro Boléo de Freitas desapareceu do convívio de todos os que o conheciam na Universidade Lusíada de Lisboa e, particularmente, na Faculdade de Arquitectura e Artes.

Arquitecto desde a década de oitenta, formado no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, iniciou a sua actividade docente na Universidade Lusíada de Lisboa, em 1988, tendo-se mantido nesta Instituição até ao presente.

Todos os que privaram com o Professor Pedro Boléo de Freitas, docentes, alunos, funcionários, reconhecem as suas qualidades, a sua capacidade de trabalho, o seu profissionalismo, a importância que dava à sua Universidade. Mas todos os que o conheciam, mais próximos, e mesmo os mais afastados do seu convívio, são unânimes em constatar, também, a sua constante simpatia, a sua amabilidade que se estendia a todos, a sua contagiante alegria de viver.

Conheci o Pedro Boléo no velho convento de São Francisco, quando foi meu aluno, um bom aluno, diga-se, embora discreto, característica que se manteve, aliás, até hoje, na sua atitude perante os outros e perante a vida. Mais tarde, voltei a encontrá-lo na nossa Universidade e acompanhei o seu percurso desde assistente até ao esforço que realizou como muito outros para concretizar o seu doutoramento, passando naturalmente a partir desse momento a desempenhar um papel de maior responsabilidade na Faculdade. Professor da área de Arquitectura / Projecto, nos últimos anos foi também coordenador da área de Ciências Sociais e desempenhando uma função de relevância significativa no esquema organizativo da Faculdade de Arquitectura e Artes, e que o Prof. Pedro Boléo de Freitas sempre desenvolveu de uma forma eficaz e com grande dedicação.
 
Importa destacar, igualmente, o esforço e as preocupações no sentido da procura, sempre, das melhores soluções na manutenção e mesmo na melhoria da qualidade do ensino, do prestígio e do papel relevante e decisivo da Universidade e da sua Faculdade e do curso de Arquitectura no panorama da cultura arquitectónica portuguesa.

A Faculdade de Arquitectura e Artes, os seus docentes e os muitos estudantes que passaram nas aulas do Prof. Boléo de Freitas sentem nesta hora a incompreensível ausência do colega, do pedagogo, do amigo.

Em meu nome e de toda a Faculdade exprimo as mais sinceras e sentidas condolências a todos os familiares e amigos do Pedro Boléo de Freitas, acompanhando-os neste momento difícil e triste, na certeza, porém, que a memória do Professor Boléo viverá na lembrança de todos que com ele privaram.

Prof. Doutor Horácio Bonifácio
Director da Faculdade de Arquitectura e Artes

Print

Número de visualizações (4258)/Comentários (0)

Please login or register to post comments.