A eficácia do "role-play" na comunicação terapêutica

Autor: Ruben Moreira Rodrigues/quarta-feira, 23 de janeiro de 2013/Categorias: Notícias

Rate this article:
Sem classificação
A eficácia do "role-play" na comunicação terapêutica
A Prof.ª Doutora Tânia Gaspar Sintra dos Santos, Directora do Instituto de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade Lusíada de Lisboa (ULL), organizou, no dia 21 de Janeiro de 2013, mais uma sessão do ciclo dedicado ao "GAPPS - Estágios 2012/2013", com o título "Role-play e técnicas de comunicação terapêutica".

O evento contou com a intervenção da Mestre Teresa Cristina da Cruz Fatela Santos, que propôs aos estagiários uma role-play, de forma que os mesmos tivessem a possibilidade de compreender e observar os diferentes comportamentos e interacções entre o terapeuta e o paciente, com o "objectivo de praticar outras técnicas de comunicação mais eficazes, que facilitem ao paciente falar sobre si e sobre os seus problemas, que evitem induzir respostas do tipo "sim" ou "não" e que sejam complementadas com uma atitude de validação empática por parte do técnico", refere a oradora.

De lembrar que o Gabinete de Aconselhamento Psicológico e Promoção de Saúde (GAPPS) pretende dar apoio individualizado, no âmbito da psicoterapia de apoio, da orientação e aconselhamento psicológico, da intervenção em grupos, de forma gratuita a alunos, professores e funcionários da ULL.

sítio web
Print

Número de visualizações (624)/Comentários (0)

Tags:
Ruben Moreira Rodrigues
Ruben Moreira Rodrigues>

Ruben Moreira Rodrigues

Other posts by Ruben Moreira Rodrigues

Please login or register to post comments.