[10] Novas determinações relativas ao combate à pandemia (Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de Janeiro).

Autor: Rita Neto Marques/sexta-feira, 15 de janeiro de 2021/Categorias: Notícias

Rate this article:
Sem classificação

COMUNICADO

- Novas determinações relativas ao combate à pandemia (Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de Janeiro) -


As novas determinações legais tornadas públicas ontem (Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de Janeiro), relativas às medidas de reforço para o combate à pandemia da COVID-19, contemplam orientações específicas para o ensino superior. Por outro lado, mas no mesmo sentido, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior divulgou, também ontem, um comunicado sobre o assunto. Um e outro em nada alteram os procedimentos que a Universidade Lusíada vem adoptando este ano lectivo, quer quanto às aulas, quer quanto às avaliações, quer ainda quanto às actividades extracurriculares.

Tal circunstância conforta-nos quanto ao bem fundado das nossas opções, ou seja, deverá ser dada preferência ao ensino presencial, permitindo, contudo, e de forma articulada, o ensino a distância, enquanto no que concerne às avaliações, designadamente os pontos escritos, as frequências e os exames finais, o regime presencial é a regra. Ao decidirmos assim no início do presente ano lectivo, fizemo-lo na convicção de ser esse o modelo pedagógico e científico mais adequado para uma boa formação dos nossos estudantes e, em geral, para o bom nome e credibilidade da instituição. Tudo isso sem que se descurassem os cuidados de distanciamento, protecção e higienização, fundamentais para se ter sucesso no combate à pandemia. Acresce termos mantido um procedimento uniforme e criterioso na abordagem dos casos concretos de contaminação, de acordo com o qual curámos de referenciar os estudantes nessas condições, identificando os espaços lectivos que frequentaram e aconselhando os restantes estudantes ao isolamento profiláctico. Tais medidas permitiram, até hoje, estamos disso convictos, registar um número muito reduzido de estudantes, professores, investigadores e colaboradores infectados e, sobretudo, sobrestar que qualquer foco de contágio proliferasse.

Neste novo contexto, certamente mais exigente do ponto de vista dos cuidados preventivos, persistiremos nos procedimentos adoptados, por forma a garantir a saúde dos nossos estudantes, professores, investigadores e colaboradores, e a preservar o ambiente de segurança e tranquilidade na comunidade académica.

É nesse espírito que desejamos uma rápida normalização da vida académica e, em particular, um bem-sucedido fim do 1.º semestre, nele se incluindo a sempre exigente fase de exames, já iniciada.



Lisboa, Porto e Vila Nova de Famalicão, 15 de Janeiro de 2021



O Conselho Directivo

_______________________________
(*) O texto oficial é o único que faz fé.
Print

Número de visualizações (250)/Comentários (0)

Tags:
Rita Neto Marques
Rita Neto Marques>

Rita Neto Marques

Other posts by Rita Neto Marques

Please login or register to post comments.