Bolsas Santander Futuro: candidaturas abertas.

Autor: Rita Neto Marques/quarta-feira, 23 de setembro de 2020/Categorias: Notícias

Rate this article:
3.0

As Bolsas Santander Futuro – 2.ª edição destinam-se a apoiar estudantes universitários com recursos económicos limitados, inscritos numa instituição de ensino superior (IES) beneficiária de mecenato do Banco Santander e aderente ao programa, e que estejam determinados a prosseguir ou terminar um ciclo de carreira académica nessa instituição. Através de um apoio financeiro pontual, pretende-se contribuir para uma estabilidade financeira que potencie um melhor desempenho académico.

Número e valor das bolsas:

  • Serão atribuídas 4 bolsas de estudo pecuniárias referentes ao ano lectivo de 2020/2021;
  • Cada bolsa atribuída terá um valor total de 500 € (quinhentos euros).

Acumulação com outras bolsas/outros apoios:

  • As bolsas atribuídas são acumuláveis com outras bolsas atribuídas pela Direcção-Geral do Ensino Superior ou outros apoios dos quais os estudantes beneficiem, à excepção do prémio de mérito atribuído pela Fundação Minerva – Cultura – Ensino e Investigação Científica.

Critérios de elegibilidade, de seriação e de ponderação:

Descrição Ponderação
Inscrição válida na IES aderente em, pelo menos, 30 ECTS, excepto em situação de conclusão de curso. -
Mérito escolar. Os candidatos deverão demonstrar aproveitamento no ano lectivo anteriormente frequentado. Este aproveitamento escolar consiste na aprovação em, pelo menos, 75% dos créditos a que os candidatos se inscreveram no ano anterior, excepto se forem estudantes do 1.º ano. -
Comprovada necessidade de apoio financeiro para prosseguir os estudos no 1.º e 2.º ciclos de ensino superior. -
Rendimento anual pessoal ou familiar per capita, conforme IRS de 2019, igual ou inferior a 22 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais (IAS) actualmente em vigor, correspondendo, nas edições deste programa, ao valor total de 9 653,82 € (nove mil seiscentos e cinquenta e três euros e oitenta e dois cêntimos). 8
Património imobiliário pessoal ou familiar per capita, no final do ano de 2019, inferior a 240 vezes o valor do IAS, correspondendo, nas edições deste programa, ao valor total de 104 582,40 € (cento e quatro mil quinhentos e oitenta e dois euros e quarenta cêntimos). 1
Apresentação de prova da situação económico-financeira que conduz o estudante à necessidade da bolsa para prosseguir os estudos. 1
Total
10

Procedimentos e documentação necessária:

  • As candidaturas são exclusivamente recepcionadas através de formulário a completar na plataforma do programa;
  • Documentação:
    – Declaração de honra a esclarecer a constituição do agregado familiar do candidato;
    – Comprovativo(s) de despesas do agregado familiar;
    – IRS de 2019 de todo o agregado;
    – Comprovativo do valor do património imobiliário, do agregado familiar, no final do ano de 2019;
    – Outros comprovativos considerados relevantes para prova da situação económico-financeira do agregado familiar.
    Nota: Em caso de necessidade, a IES poderá convocar o candidato para uma entrevista particular.

Prazo de candidatura:

  • A candidatura poderá ser efectuada até às 23H00 do dia 6 de Novembro de 2020.

Divulgação dos resultados:

  • A lista dos candidatos aos quais forem atribuídas bolsas será divulgada no portal Santander | Bolsas.

Os pedidos de esclarecimento de dúvidas deverão ser enviados para o seguinte endereço electrónico: cristinafreitas@fam.ulusiada.pt.


bolsas santander futuro | regulamento

Print

Número de visualizações (478)/Comentários (0)

Tags:
Rita Neto Marques
Rita Neto Marques>

Rita Neto Marques

Other posts by Rita Neto Marques

Please login or register to post comments.