Inauguração da exposição - O processo: 12 casas de Alberto Campo Baeza, 12 casas para Alberto Campo Baeza.

Autor: Jorge Carvalho/segunda-feira, 21 de janeiro de 2019/Categorias: Notícias, FAA

Rate this article:
Sem classificação
"O processo: 12 casas de Alberto Campo Baeza, 12 casas para Alberto Campo Baeza" é o nome da exposição inaugurada no dia 18 de Janeiro de 2019, na Central Tejo [Museu da Electricidade], que integra a primeira parte duma iniciativa que envolve estudantes de arquitectura e a obra do Arqt. Alberto Campo Baeza

Esta exposição, que estará patente ao público até ao dia 4 de Fevereiro de 2019, reflecte o processo que implicou a turma B do 5.º ano da licenciatura em Arquitectura (mestrado integrado), onde a partir da investigação de 12 casas de referência, propostas pelo Arqt. Alberto Campo Baeza, conceberam, por sua vez, 12 projectos de casas para o referido arquitecto, tendo como mote um texto fornecido pelo próprio, denominado "Mi casa en el verano es una sombra".

Pormenor da exposição. (Fotografia de Jorge Carvalho, 2019)

Pormenor da exposição. (Fotografia de Jorge Carvalho, 2019)

O segundo momento desta colaboração irá acontecer no dia 31 de Janeiro, com a presença do Arquitecto Espanhol na Sala das Caldeiras da Central Tejo, às 15H00, para uma conferência onde ainda estarão presentes o Artista Carlos Nogueira e o Arqt. João Quintela, que farão uma leitura crítica da sua obra. 

A presente iniciativa tem a coordenação do Prof. Doutor Arqt. Fernando Manuel Domingues Hipólito, conjuntamente com o Prof. Doutor Arqt. Bernardo d'Orey Manoel e a Prof.ª Doutora Arqt.ª Helena Cristina Caeiro Botelho, que também assegura a curadoria da exposição.

página web | calendário | fotogaleria
Print

Número de visualizações (384)/Comentários (0)

Jorge Carvalho
Jorge Carvalho>

Jorge Carvalho

Other posts by Jorge Carvalho

Please login or register to post comments.