Lusíada debate o papel das Forças Armadas na segurança interna.

Autor: Raquel Pinheiro/sexta-feira, 30 de outubro de 2015/Categorias: Notícias

Rate this article:
Sem classificação
No dia 28 de Outubro de 2015, realizou-se, na Universidade Lusíada de Lisboa, uma conferência sobre “O papel das Forças Armadas na Segurança Interna”.

A segurança é um direito que se encontra consagrado na Constituição, uma vez que viver em segurança é uma necessidade para o cidadão e é uma garantia prestada pelo Estado.



As Forças Armadas são responsáveis pela manutenção da soberania nacional e pela defesa do território português tanto a nível terrestre, como marítimo e aéreo. Este princípio está enquadrado na Constituição e na lei que envolve as Forças Armadas na segurança interna.

O serviço militar obrigatório, em Portugal, foi abolido em 2003 e passou a ser opcional. Nos últimos anos, temos assistido a uma grande evolução na colaboração entre as Forças Armadas e as Forças de Serviços de Segurança, com o objectivo de reforçar a eficácia no combate às ameaças transnacionais que actualmente constituem um perigo para a segurança nacional.

Com base em acontecimentos recentes, alguns países têm reforçado mais a sua segurança nacional de forma a aumentar a sua resistência às novas ameaças transnacionais. Como exemplo disso, temos as medidas adoptadas pela França e pela Hungria que levaram a um reforço da segurança pública e da protecção das fronteiras, respectivamente.

Print

Número de visualizações (311)/Comentários (0)

Raquel Pinheiro
>

Raquel Pinheiro

Other posts by Raquel Pinheiro

Mais endereços

Please login or register to post comments.