Prof. Filipe González representa Lusíada no CIAT2015

Autor: Raquel Pinheiro/quarta-feira, 14 de outubro de 2015/Categorias: Notícias, FAA

Rate this article:
Sem classificação
Nos dias 6 a 9 de Outubro de 2015, decorreu, em Marraquexe, o Congrès International sur l'Architecture de Terre en Afrique du Nord (CIAT2015), com o título "Tradition et nouvelles perspectives d'habiter", que contou com a participação do Prof. Doutor Arqt. Filipe Alexandre Duarte González Migães de Campos, docente da Faculdade de Arquitectura e Artes e investigador do Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design (CITAD) da Universidade Lusíada de Lisboa. O evento foi organizado pela  Université Cadi Ayyad e pela Faculté des Sciences Semlalia, com a colaboração do Institut pour la Conservation et la Promotion du Patrimoine Culturel (CNR ICVBC), do Département d'Architecture et Design (DAD) do Polytechnique de Turin, do Département d'Architecture (DIDA) da Université de Florence, do Département d'Architecture da Faculté des Sciences Exactes (Biskra) e da Faculdade de Arquitectura e Artes da Universidade Lusíada de Lisboa.

Neste Congresso, deu-se a oportunidade a especialistas e a investigadores de apresentarem e discutirem os vários assuntos relacionados com esta temática, desde as questões mais gerais até às mais técnicas. O debate teve como eixos de discussão: (1) a caracterização de materiais e suas formas de deterioração, (2) o restauro e a conservação da arquitectura feita em terra crua, (3) a terra crua na arquitectura contemporânea, (4) os problemas técnicos da construção em terra, (5) as novas regulamentações da construção em terra, (6) as novas arquitecturas feitas em terra crua e (7) as construções em terra e o desenvolvimento sustentável.



Na sua comunicação, o Prof. Filipe Alexandre Duarte González Migães de Campos falou do ensino da arquitectura em terra crua e da sua evolução nos últimos dez anos na Universidade Lusíada de Lisboa. Nas palavras do investigador: "L'étude, d'une manière systématique, de bâtir en terre crue a eu dans la dernière décennie une très grande projection et un élan international, résultat d'un changement de conscience individuelle et collective de l'environnement, à laquelle les architectes ont également été sensibles."

citad | licenciatura em arquitectura (mestrado integrado)

Print

Número de visualizações (1268)/Comentários (0)

Raquel Pinheiro
>

Raquel Pinheiro

Other posts by Raquel Pinheiro

Please login or register to post comments.